× iCasei

Baixe o App do nosso casamento e busque: gabiedani

Baixar

Gabriela e Daniel

SEJAM BEM-VINDOS AO NOSSO SITE
Gabriela e Daniel

Sobre os noivos

Como é bom recordar! Conheça os detalhes da nossa caminhada até esse grande sonho do nosso casamento.

Nossa história de amor

 

Quem iria acreditar que depois daquele 1º de Abril de 2010, quando fomos apresentados, estaríamos iniciando essa história maravilhosa e que isso acabaria dando em casamento???

Bem, se você está aqui é porque sabe de pelo menos algum capítulo da nossa história. Então vamos tentar resumir esses 8 anos para vocês, visto pelos olhos da noiva. 

No dia 1º de Abril de 2010, véspera de feriado da sexta-feira santa, eu passei o dia tentando convencer meu pai a me deixar ir para a balada a noite, afinal era véspera de feriado, calorzinho, um dia maravilhoso pra se divertir. Ele estava irredutível e dizia que era falta de respeito, afinal eu só ia para a festa depois da 00:00 e então já era sexta-feira santa, dia que eu devia respeitar. Depois de muito insistir e implorar para a minha mãe me ajudar, ele acabou cedendo. Então fui para a festa a noite, fiquei na fila para entrar até as 3 horas da manhã, não sei porque mas algo dizia pra eu não desistir de entrar.

Quando finalmente eu e minhas amigas entramos na festa, logo encontramos o Dani junto com uns amigos, uma amiga nossa em comum, a Renata, nos apresentou, falando pro Dani que "essa é a Gabi, minha amiga, doente pela Chape assim como você." Conversamos pouco essa noite, mas o assunto foi a Chape, só podia ser. Acabei conhecendo um pouco o Dani e lembro que, sem maldade e nem intenção fiquei encantada porque ele além de lindo, era inteligente, não bebia, não fumava, cursava Engenharia Civil, e ainda era tão torcedor do meu time quanto eu.

Acabamos saindo da festa com os mesmos amigos e ficando pro lado de fora conversando, minha sandália abriu, ele fechou pra mim, me ofereceu carona pra levar eu e minha amiga pra casa, mas eu achei que era muita qualidade pra uma pessoa só, então não aceitei e liguei para o meu pai me buscar.

Cheguei em casa as 5 horas da manhã e lembro que acordei minha mãe com o barulho, ela pediu como foi a festa e eu falei: "Conheci um cara perfeito eu acho, bonito, inteligente, não bebe, não fuma, torce pra Chape e vai no estádio." Lembro que ela deu muita risada.

No sábado, dia 3 de Abril, nos encontramos em outra balada, no Amazon. Dessa vez nos encontramos na entrada, sem filas, eu com as minhas amigas e meus pais surprise e ele com outros amigos. Nos cumprimentamos e acabamos ficando no mesmo grupo de amigos lá dentro. Acho que o Dani tava pensando porque meus pais estariam numa balada eletrônica, eu também pensaria isso se fosse os pais dele kkkkkkkkk

Depois de algumas horas de festa, saímos pra sentar numa área externa, sentamos em um puff e nosso assunto novamente era a Chapecoense. Papo vai e papo vem, acabou rolando nosso primeiro beijo, longe dos meus pais kkkk e aí de repente quando vimos, eles estavam do nosso lado. Como meus pais são modernos, não tivemos problema, mas o Dani ficou tímido kkkkkkkk 

No domingo tinha jogo da Chapecoense, nos encontramos lá de novo, foi um jogo triste então acabamos nos consolando. 

Aí eu pensei, agora vamos ficar uns dias sem se ver, caaaapaz, segunda-feira chego na faculdade, quem estuda no mesmo bloco que eu???? Pois é, daí pra frente a gente se viu todos os dias da vida eu acho heart

Tivemos um 2010 intenso, tão intenso que me assustava, tudo que aconteceu em todos esses anos foi pra somar, estivemos em todos os jogos da Chape juntos, viajamos, fomos em milhares de baladas (eu era muito baladeira), fizemos milhares de novos amigos, estudamos, era tanto amor que o Dani chegou a reprovar na monografia sendo que o orientador era o pai dele #tenso Tivemos alguns problemas, nos afastamos por alguns meses, mas no fundo sempre soubemos que nosso destino estava escrito. Nada faria com que a gente se afastasse de verdade. 

Então seguimos escrevendo a nossa história, seguimos sendo felizes, até que no dia 3 de Abril de 2015 o Dani me pediu em casamento! heart 

O dia 3 de Abril é especial pra nós, então o Dani preparou tudo... e foi assim: Antes de tudo ele conhece meus gostos como ninguém, então ele saberia comprar alianças da forma que eu sonhava. E foi assim, mediu meus anéis no dedo dele, sem que eu percebesse, não falou nada, não deu nenhuma pinta de que estava planejando. Então mandou fazer as alianças, gravou nossos nomes e a data. Só depois de ter as alianças em mãos que ele chamou meus pais, enquanto eu tomava banho em uma noite qualquer, e pediu em segredo a minha mão em casamento. Ele e meus pais contam que foi muito emocionante, que meus pais ficaram emocionados real kkkk (imagino o escândalo da mamis). E aí quando saí do banho, nem percebi nada. Eles manteram o segredo.

Aí a gente tinha combinado de sair no dia 3 pra comemorarmos mais um ano de namoro, e quando chegamos no local do jantar - Água Doce Cachaçaria - eu percebia o Dani um pouco nervoso, mas nem imaginava o porque. Conversa vai, conversa vem, ele tira do bolso a caixinha com as alianças e fez o pedido:

Amor, nós já estamos juntos a muito tempo, nosso amor só cresce e eu acho que está na hora de darmos mais um passo. Então, você aceita casar comigo????

Nem pude surtar porque estávamos num restaurante kkkkkk

Obviamente aceitei, tinha vontade de gritar um SIIIIIIIIIMMMMM bem alto e longo.

Terminamos de jantar e eu disse: ME LEVA PRA CASA, QUERO MOSTRAR PRA MINHA MÃE, PAI, VÓ, TODO MUNDOOO kkkkkkkkkkkk

Foi lindo, meu mozão é um gentleman! wink

Depois de toda a euforia do noivado, decidimos morar juntos. Tivemos a entrega das chaves do apartamento do Dani, estávamos ainda com medo de tomar essa decisão tão importante e dar esse passo enorme. Mas decidimos encarar. Então em 19 de Fevereiro de 2016, entramos no nosso apartamento. Com quase nada de móveis dentro, mas transbordando de amor! 

Acho que se tivesse só o chão e um travesseiro a gente iria de qualquer forma, mas como nos programamos, já tinhamos um sofá, um banheiro pronto e a cozinha.

Não que hoje a gente tenha muita coisa ainda, mas cada coisinha que colocamos dentro do nosso lar, nos deixa extremamente feliz. Cuidamos dele com muitoooo carinho, temos muito orgulho de morar juntos.

 

Em Julho de 2017 decidimos casar, a princípio era pra ser somente um casamento no civil, e um jantar para pais e padrinhos, mas diante de tantas oportunidades, e voltando a retomar o meu sonho e sonho das nossas famílias de festa de casamento, decidimos fazer o evento! 

A alegria dos nossos pais, irmãos e amigos quando receberam a notícia nos fazem sentir que foi a escolha certa. Estamos surtando constantemente porque afinal, é a primeira/única vez que vamos casar, então tudo é uma grande aventura pra nós.

Estamos extremamente felizes por poder dividir com vocês nossa história e todos os detalhes do nosso dia através desse site. É importante pra nós, afinal, infelizmente não podemos convidar todas as pessoas que gostamos e queremos bem, então queremos que vocês, nossos convidados, saibam que são nossas pessoas preferidas!

 

 heart
Gabi e Dani